As palavras  “inchada” e “enxada” estão corretas e existem na língua portuguesa. No entanto, possuem significados diferentes e, por isso, também devem ser usadas em contextos distintos. 

A palavra “inchada”, grafada com “ch”, é um adjetivo que representa aquilo que mudou de volume, já a palavra “enxada”, grafada com “x”, é um substantivo usado para fazer referência a um instrumento de trabalho.

Neste artigo, vamos analisar cada uma delas de forma detalhada. Acompanhe!

Quando usar a palavra “inchada”

A palavra “inchada” é o feminino do adjetivo “inchado”. Ela deve ser usada para referenciar  algo que aumentou de volume, que está cheio de vaidade. Também, como é muito comum, o termo pode ser utilizado para dizer que uma pessoa está com “retenção de líquidos”. Atente-se aos exemplos:

  • A gravidez deixou-a muito inchada.
  • Suas pernas estão muito inchadas.
  • A mãe está inchada de orgulho pela formatura da filha. 

Além disso, todas as palavras cognatas de “inchar” deverão ser grafadas com “ch”. Observe:

  • inchar;
  • inchada;
  • inchado;
  • inchaço;
  • inchação.

Quando usar a palavra “enxada”?

A palavra “enxada” é um substantivo feminino que deve ser usado para representar uma ferramenta utilizada para cavar a terra ou misturar concreto. Observe os exemplos:

  • Precisamos de uma enxada, para esse tipo de trabalho.
  • Ele usou a enxada para misturar a argamassa.
  • Vamos comprar uma enxada para cuidar do jardim de casa. 

É importante destacar que todas as palavras cognatas de enxada devem ser escritas com “x”. Isso acontece, porque, depois da sílaba inicial “en-”, normalmente o “x” é usado com o som de ch. Atente-se:

  • enxadar;
  • enxadada;
  • enxadeiro.

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.