Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: acordo ortográfico (Page 1 of 2)

Lava-louça x Lava louça – tem hífen?

A forma correta é lava-louça, com hífen. Neste artigo, vamos explicar qual regra se aplica a este caso. Vejamos!

Verbo + Substantivo

De acordo com o ponto 1.º da Base XV do Acordo Ortográfico de 1990, os substantivos compostos formados pela união de um verbo e um substantivo devem ser hifenizados. É exatamente o caso de lava-louça, união do verbo lavar com o substantivo feminino louça.

Vejamos outros exemplos que seguem essa mesma regra: guarda-roupa, cata-vento, tapa-olho.

Vale destacar que lava-louça é um vocábulo composto formado por justaposição. Neste processo de formação de palavras, os radicais dos termos não sofrem alteração e mantêm sua grafia original.

Continue reading

Pêra x Pera – qual a forma correta?

A forma correta é pera, sem acento. A palavra pêra, com acento circunflexo, não existe mais na língua portuguesa. Neste artigo, vamos explicar qual a regra de acentuação que se aplica a esse caso. Vejamos!

Antes e depois da Reforma Ortográfica

Antes do Acordo Ortográfico, a grafia correta era pêra. Contudo, após a entrada em vigência da Reforma, a palavra perdeu o acento circunflexo (pera).

Vale destacar ainda que o substantivo feminino pera é uma palavra paroxítona, ou seja, a sílaba tônica é a penúltima. No português, as paroxítonas terminadas em “a” não devem ser acentuadas.

Continue reading

Auxílio emergencial x Auxílio-emergencial – tem hífen?

O correto é auxílio emergencial ou auxílio-emergencial? Afinal, o nome desse benefício tem ou não tem hífen? Neste artigo, vamos resolver essa questão. Vejamos.

Nome ou tipo?

Diferentemente do que acontece com substantivos compostos – como auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-doença–, no caso de auxílio emergencial, o que temos é um encontro de dois termos distintos: um substantivo simples (auxílio) e um adjetivo (emergencial), que o caracteriza.

É o mesmo que acontece, por exemplo, nas expressões “obra emergencial” ou “medidas emergenciais”.

Por isso, a expressão deve ser grafada sem hífen, porque não temos a criação de um novo significado por meio da composição de dois radicais. Em outras palavras, não temos um novo nome, temos apenas a indicação de um tipo de auxílio.

ex: Com a crise causada pela Covid19, foi necessário criar um auxílio emergencial para amparar as famílias mais vulneráveis.

Continue reading

Pé-de-meia x Pé de meia – tem hífen?

A imagem mostra uma meia cheia de moedas. Em cima há uma tarja preta, onde está escrito:

Afinal, o correto é pé de meia ou pé-de-meia? As duas formas são possíveis na língua portuguesa, mas têm significados distintos. Neste artigo, vamos explicar quando usar cada uma. Vejamos!

Pé-de-meia

Quando a expressão indica um dinheiro que uma pessoa tem guardado, uma poupança, ela tem hífen.

Ex: Estou fazendo um pé-de-meia para a minha aposentadoria.

Trata-se de uma exceção à regra trazida pelo Acordo Ortográfico. A Base XV da Reforma (que trata do uso do hífen em compostos, locuções e encadeamentos vocabulares) diz que:

Nas locuções de qualquer tipo, sejam elas substantivas, adjetivas, pronominais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais, não se emprega em geral o hífen.

Ponto 6 da Base xv do acordo ortográfico de 1990.

Marquei o “em geral” ali exatamente para mostrar que há casos que fogem a essa regra. Além de pé-de-meia, temos as seguintes exceções, que, segundo o documento, são casos consagrados pelo uso:

  • arco-da-velha;
  • mais-que-perfeito;
  • cor-de-rosa;
  • água-de-colônia.

Também continuam com hífen as locuções que representam espécies botânicas e zoológicas: cana-de-açúcar, mico-leão-dourado, pimenta-do-reino, peixe-boi, entre outras.

As demais locuções seguem a regra geral. É por isso, por exemplo, que pé de moleque perdeu o hífen.

Continue reading

Superministério x Super-ministério – qual a forma correta?

Quando usar o hífen com o prefixo super? Neste artigo, vamos resolver essa dúvida e verificar se a grafia correta é superministério ou super-ministério. Vamos lá!

Reforma Ortográfica

Segundo a base XVI do Acordo Ortográfico, usa-se o hífen se a primeira letra da palavra for igual à última letra do prefixo ou se o termo começar coma letra H.

ex1: O ponto fraco do super-homem era a criptonita.

ex2: Aquela parede era super-resistente.

Continue reading

Mau humor x Mau-humor – qual a maneira correta?

A forma correta é mau humor, sem hífen. Isso porque  o adjetivo "mau" e o substantivo "humor" são duas palavras independentes, que não se unem para formar um novo vocábulo. ⚠ATENÇÃO! A palavra "mal-humorado" tem hífen. O Acordo Ortográfico estabelece que o hífen deve ser utilizado em compostos que comecem com o advérbio "mal", quando a segunda palavra começar por vogal, "h" ou "l". Ex: Mal-educado, mal-estar, "mal-afortunado", "mal-limpo". #DescriçãoDaImagem A imagem mostra uma menina emburrada, cruzando os braços. #TextoDaImagem Mau humor ou mau-humor? #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

O correto é mau humor ou mau-humor? Tem ou não tem hífen? Neste artigo, explicamos a grafia correta da palavra e como funciona sua formação. Vamos lá!

Independente

A forma correta é mau humor, sem hífen. Isso porque o adjetivo “mau” e o substantivo “humor” são duas palavras independentes, que não se unem para formar um novo vocábulo.

ex: Maria acordou de mau humor e brigou com o irmão.

Continue reading

Bem-vindo, bem vindo e benvindo

Um erro comum que vejo em muitos textos pela internet é a grafia da palavra que dá título a este artigo.

O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), elaborado pela Academia Brasileira de Letras, aceita somente a grafia bem-vindo, com hífen e separado. As grafias sem o hífen (bem vindo)  e sem separação das palavras (benvindo) não existem!

ex: Seja muito bem-vindo! Sinta-se em casa.

Acordo Ortográfico

O Acordo Ortográfico diz que as palavras formadas por aglutinação com o advérbio bem são separadas por hífen se o outro termo começar com vogal ou com a letra H.

ex: bem-estar e bem-humorado.

Continue reading

União Européia ou Europeia?

THE PARTY

A União Europeia é bloco criado em 1993, que é composto atualmente de 27 Estados-membros independentes. Sim, ‘europeia’ não tem mais acento. A reforma ortográfica eliminou o acento dos ditongos ‘ei’ e ‘oi’ das palavras paroxítonas. (veja AQUI as principais mudanças de acentuação do Acordo Ortográfico).

Ex: europeia, ideia, estreia, heroico.

Lembrete

OXÍTONASílaba tônica é a última da palavra.
ex: picolé, chulé, chaminé.

PAROXÍTONA – Sílaba tônica é a penúltima da palavra,
ex: caráter, difícil, médio.

PROPAROXÍTONA – Sílaba tônica é a antepenúltima da palavra.
ex: oxítona, médico, penúltima.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Envie suas dúvidas — https://www.clubedoportugues.com.br/tire-suas-duvidas-2

Veja mais:

Grã-Bretanha ou Grã Bretanha?

Há algumas semanas, um assunto tomou conta do noticiário. Os eleitores do Reino Unido decidiram deixar a União Europeia. Esse acontecimento ficou conhecido como Brexit (British +Exit). O Reino Unido é o conjunto formado pela Irlanda do Norte e a Grã-Bretanha, ilha que abriga Inglaterra, Escócia e País de Gales.

Fonte: Nova Escola

Contudo, nosso assunto aqui não é geopolítica e sim português! Então, como você viu no parágrafo de abertura, a grafia correta é Grã-Bretanha, com hífen. A reforma ortográfica, que passou a valer definitivamente a partir de janeiro deste ano, estabelece que se usa o hífen em nomes geográficos compostos com grã e grão ou verbos de qualquer tipo.

ex: Grão-Pará, Passa-Quatro e Grã-Bretanha.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Envie suas dúvidas — https://www.clubedoportugues.com.br/tire-suas-duvidas-2

Veja mais:

Novo acordo ortográfico: o básico que você precisa saber sobre acentuação

Acentuação

Veja o básico que você precisa saber

Vocês já viram o que mudou no uso do hífen com o novo acordo ortográfico. Agora é a vez de entender o básico das mudanças relacionadas ao uso dos acentos.

1) Não se acentuam mais os ditongos ‘oi’, ‘ei’ e ‘eu’ em palavras paroxítonas.

EX: ASSEMBLEIA, IDEIA, POLAROIDE

2) Caíram os acentos diferenciais de:

– PARA (VERBO) – Ele para para ver o que aconteceu;
– PERA (FRUTA) – Comeu um doce de pera;
– POLO (SUBSTANTIVO) – Aquele cidade é um polo vinícola;
– PELO (CABELO) – Chegamos ao mundo nus em pelo.

OBS: Os acentos de pôde e pôr continuam valendo.

OBS²: Os acentos para diferenciar terceira pessoa do singular da do plural também continuam valendo.

ex: TEM E TÊM, VEM E VÊM.

*

Há mais regras, mas os casos citados acima são os mais recorrentes e o ajudarão bastante na hora de redigir um texto.

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.

« Older posts

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑