Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: adjetivo (Page 1 of 3)

Específico x Especifico – tem acento?

Tanto específico, com acento agudo, quanto especifico, sem acento, são palavras que existem na língua portuguesa. Elas, contudo, pertencem a classes gramaticais distintas. Neste artigo, vamos mostrar quando usar cada uma.

Específico

Específico, com acento agudo, é um adjetivo que indica algo particular ou peculiar a um indivíduo, situação ou espécie. É o antônimo de genérico. O vocábulo pode apresentar variação de gênero (masculino e feminino) e de número (singular e plural). Vejamos alguns exemplos de uso desta palavra:

  • Ele tinha uma problema muito específico para resolver.
  • O urso polar é um mamífero que vive em um região específica do planeta: o círculo polar Ártico.
  • Existem doenças que aparecem em grupos específicos da população.

Vale destacar que o termo vem do latim specificus e recebe acento por ser uma palavra proparoxítona. Isso significa que sílaba tônica é a antepenúltima (es-pe--fi-co).

Na língua portuguesa, todas as proparoxítonas são acentuadas: último, máscara, otona, chácara, cara, dico, etc.

O vocábulo também pode funcionar como substantivo. Nesse caso, ele sempre virá acompanhado de um determinante (artigo, numeral ou pronome).

ex: Na hora de dar um feedback, sempre prefira o específico ao genérico.

Continue reading

Prévia x Previa – quando usar cada palavra?

As palavras “prévia” e “previa” existem na língua portuguesa. Contudo, elas pertecem a classes gramaticais diferentes e possuem significados distintos. Neste artigo, vamos mostrar quando usas cada uma. Vejamos!

Quando usar prévia?

Prévia é um substantivo feminino que, segundo o dicionário Priberam, possui dois significados:

  1. Apresentação breve de algo (um filme, um álbum de música, etc.) antes do seu lançamento oficial.

ex: A banda fez uma prévia da apresentação para os integrantes do fã clube.

  1. Sondagem antes das eleições para se ter uma ideia das tendências dos eleitores.

ex: Aquele candidato saiu vitorioso das prévias do partido.

O vocábulo prévia também pode exercer a função de adjetivo (feminino de “prévio”). Nesse sentido, o termo tem o sentido de algo feito com antecipação, antes de outra coisa.

ex: Para tirar boas notas, é fundamental ter uma boa preparação prévia.

Continue reading

Caqui x Cáqui – qual a diferença?

Tanto caqui quanto cáqui são palavras que existem na língua portuguesa. Elas, contudo, têm significados bem distintos. Neste artigo, vamos mostrar quando e como utilizar cada um dos termos. Vejamos! 

Caqui – quando usar?

Caqui, sem o acento agudo na primeira sílaba, é um substantivo masculino que faz referência a uma fruta avermelhada de sabor doce, originada do caquizeiro. 

Trata-se de uma palavra oxítona (a última sílaba é a tônica), que tem origem da palavra japonesa kaki. Veja alguns exemplos com o uso dela:

  • O caqui é uma fruta bem doce, rica em ferro, proteína e cálcio.
  • Gosto muito de comer caqui durante o dia.
  • No Brasil, temos uma plantação enorme de caqui.
  • Meus filhos amam comer caqui
Continue reading

Adjetivo relacional, restritivo e explicativo

Na sintaxe da língua portuguesa, o adjetivo é uma palavra que pode tanto expressar uma qualidade ou característica do ser/objeto quanto se “encaixar” ao lado de um substantivo, garantindo ênfase. 

Vejamos como exemplo a palavra “amorosa”: além de significar a qualidade daquilo que é carinhoso, afetuoso e expressar amor e carinho, também pode ser colocada ao lado de substantivos: mulher amorosa, criança amorosa, personalidade amorosa. Logo, o adjetivo funciona como um modificador do substantivo

Neste artigo, vamos estudar três classificações: adjetivos relacionais, restritivos e explicativos.

O que é adjetivo relacional?

O adjetivo relacional, geralmente, deriva de um nome, estabelecendo relações de posse, origem, propriedade, nacionalidade, etc. 

Exemplos:

  • Tinha um ar juvenil. (relacionado a juventude)
  • Adoro comida indiana. (relacionada ao país, Índia)
  • Por que as bonecas russas são tão caras? (relacionada ao país, Rússia)
  • Meu cartão é internacional. (relacionado à internacionalização, além das fronteiras)
  • Todo bulbo capilar precisa de hidratação. (relacionada a cabelo). 

Em resumo: quando pensar em adjetivo relacional, pense em “relacionado com”, assim, ficará mais fácil identificar de onde deriva a palavra em questão. 

Continue reading

Particípio: quando é verbo e quando é adjetivo?

O particípio é uma das formas nominais do verbo. Ele pode tanto funcionar como verbo quanto como adjetivo. Neste artigo, vamos mostrar como diferenciar essas funções. Vejamos!

Particípio como verbo

Quando indica ação, o particípio atua como verbo. Nesses casos, o termo compõe uma locução verbal, junto com um verbo auxiliar. Vejamos alguns exemplos para entender melhor este ponto:

  • O legumes foram cozidos a vapor.
  • O documento foi anexado ao projeto.
  • A carne foi resfriada no frigorífico.
Continue reading

Afro-brasileiro x Afrobasileiro – qual a forma correta?

A forma correta é afro-brasileiro. Neste artigo, vamos explicar por que essa palavra é escrita com hífen. Vejamos.

Adjetivos pátrios

Quando faz parte de adjetivos pátrios compostos, o termo afro exerce a função de adjetivo (como abreviação de “africano”), e não de prefixo. Por essa razão, devemos utilizar o hífen para separá-lo do vocábulo seguinte. Assim, a grafia correta é afro-brasileiro.

  • Minha avó é afro-brasileira.
  • Gosto muito de cantores afro-brasileiros.

Vale destacar que essa mesma regra se aplica a outros gentílicos formados com “afro”:

  • afro-americano;
  • afro-lusitano;
  • afro-inglês;
  • afro-francês;
  • afro-asiático;
  • afro-cubano.
Continue reading

Plural das cores – como funciona?

O plural das cores sempre gera muitas dúvidas. Isso acontece, porque temos regras específicas que se aplicam a esses casos. Neste artigo, vamos mostrar tudo que você precisa saber para escrever com segurança. Vejamos!

Adjetivo

Quando a cor for representada por um adjetivo, o termo deve ser flexionado de acordo com o substantivo que o acompanha:

  • Naquele jardim, havia muitas folhas verdes.
  • Janaina tinha muitos vestidos pretos no seu armário.
  • Nos países escandinavos, muitas pessoas têm olhos azuis e cabelos loiros.
Continue reading

Complemento nominal – o que é e como identificar?

O complemento nominal é um termo integrante da oração que completa o sentido de certos nomes (substantivo, adjetivo ou advérbio terminado em -mente).

É obrigatoriamente regido por preposição e normalmente tem valor semântico passivo, ou seja, a ação recai sobre ele. Exemplo:

– Temos certeza da vitória.

O complemento nominal é da vitória, pois liga-se ao substantivo certeza, está acompanhado da preposição de e tem valor semântico passivo, pois quem tem a certeza (sujeito agente) é o sujeito oculto nós.

Continue reading

Bem-feito, bem feito e benfeito – quando usar cada um?

Bem-feito, bem feito e benfeito: as três formas estão corretas, mas cada uma deve ser utilizada em um contexto específico. Neste artigo, vamos mostrar quando e como usar cada termo. Vejamos!

Benfeito

De acordo com o Vocabulário Oficial da Língua Portuguesa (Volp), benfeito, junto e sem hífen, é um substantivo, sinônimo de benfeitoria e de benefício. Vejamos alguns exemplos de uso dessa palavra:

  • O benfeito da administração contribuiu para o bem-estar dos moradores do bairro.
  • Para recuperar essa praça, a prefeitura terá que fazer muitos benfeitos.
  • Esse benfeito vai deixar a fachada do prédio muito mais bonita.
Continue reading

O correto é tons pastel, e não tons pastéis

A forma correta é tons pastel, e não tons pastéis. Neste artigo, vamos explicar por que a concordância é feita dessa forma. Vejamos!

Substantivo x Adjetivo

Em geral, quando um substantivo funciona como um adjetivo, ele fica invariável. Em outras palavras, ele não sofre flexão de gênero (masculino x feminino) nem de número (singular x plural).

É nesse contexto que se encaixa a expressão tons pastel. Assim, perceba que o substantivo pastel funciona como adjetivo, qualificando outro substantivo (tons).

Nesse sentido, o termo pastel indica uma suave, tênue ou clara.

Confira outros exemplos que se encaixam nessa regra: ternos cinza, camisetas violeta, encontros relâmpago, tintas creme, decorações rosa.

Continue reading
« Older posts

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑