Coerência textual consiste na garantia da relação lógica entre as ideias de um texto. Assim dizemos que um texto está coerente quando é possível entendê-lo de forma clara, sem contradições.

Para que isso ocorra no seu texto, é importante que você observe com atenção alguns pontos essenciais para a manutenção da coerência. São eles: 

  • Inter-relação entre os elementos do texto: todas as partes do texto devem estar inter-relacionadas. Ou seja, não fuja bruscamente do tema, tampouco mude bruscamente de assunto em parágrafos próximos. Tente realizar uma transição gradual entre os assuntos do texto. 
  • Progressão de ideias: fale sobre as novas faces do mesmo assunto, mas evite a repetição de ideias já mencionadas. Você deve conduzir o leitor para os demais elementos possíveis dentro do assunto em questão com cuidado para não ser prolixo e redundante.
  • Aprofundamento de conceitos: desenvolva de maneira mais aprofundada aquilo que você defende. Dizer apenas que concorda ou não ou que algo é certo ou errado, por exemplo, não basta. Explique de maneira detalhada as suas ideias.
  • Não contradição: não seja contraditório ao abordar a sua temática. Demonstre anuência em relação a um ponto de vista, pois o seu posicionamento deve ficar claro para o seu leitor.
  • Fundamentação de ideias: todo novo argumento de um texto deve estar fundamentado. Isso significa que é importante mostrar qual é o órgão, a instituição e/ou a pessoa notável que defende o mesmo que você, quais são os estudos e pesquisas que comprovam o seu argumento, quais são os exemplos reais e amplamente conhecidos que ilustram o que você defende etc.
  • Consistência e relevância: apresente argumentos consistentes, isto é, que façam sentido; e também apresente argumentos relevantes, que causem algum impacto em relação ao tema. Fuja dos clichês e dos achismos.
Continue reading