Língua Portuguesa e Literatura para o Enem

Tag: elipse

Vírgula zeugmática – o que é e quando usar?

A vírgula zeugmática é um ótimo instrumento para evitar a repetição desnecessária de palavras. Neste artigo, vamos explicar melhor o que é esse sinal de pontuação e quando utilizá-lo. Vejamos!

Zeugma

Antes de avançarmos, é importante que você entenda o que é o zeugma. Trata-se de uma figura de linguagem que consiste em ocultar um termo utilizado anteriormente, para evitar repeti-lo.

Vale destacar que o zeugma é um tipo de elipse, que é um figura utilizada para omitir vocábulos de uma frase de uma forma geral.

A vírgula zeugmática, nesse contexto, serve para indicar o termo retirado da frase, ou seja, para evidenciar o uso do zeugma. Vejamos alguns exemplos:

  • Maria foi ao mercado; Paulo, à farmácia. (a vírgula indica a omissão de “foi”)
  • Eu corro todos os dias; meu irmão, só aos finais de semana. (a vírgula indica a omissão de “corro”)

Repare que a vírgula pode indicar a omissão de mais de uma palavra:

  • A noiva usava vestido branco; a madrinha, azul. (a vírgula indica a omissão de “usava vestido”).

Cuidados ao utilizar a vírgula zeugmática

De acordo com o gramático Fernando Pestana, a vírgula zeugmática, também conhecida como vírgula vicária, só deve ser utilizada se a omissão do termo ocorrer depois de um ponto vírgula. Caso contrário, não se deve utilizar esse sinal de pontuação.

Para deixar mais clara essa questão, vejamos um exemplo:

  • Ele torce pelo Corinthians, mas ela pelo Palmeiras.
  • Ele torce pelo Corinthians; ela, pelo Palmeiras.

*

Gostou do texto? Então, sugerimos ler o Guia Completo da Vírgula que preparamos para você e aprofundar seus estudos no tema.

7 estratégias infalíveis para evitar a repetição de palavras

Conheça sete formas eficientes para fugir da repetição de palavras.

A repetição de palavras é um problema que empobrece seu texto.  Além de tornar a escrita desinteressante, também indica pobreza vocabular do redator. Por isso, neste artigo, você vai conhecer sete técnicas para não repetir vocábulos. Vamos lá!

1) Sinonímia

Essa é uma das mais conhecidas ferramentas para combater a duplicação dos termos. Trata-se do processo de substituir determinada palavra por um sinônimo.

ex: O policial saiu correndo atrás do bandido e um menino decidiu acompanhar o policial.

Veja agora usando a sinonímia:

ex: O policial saiu correndo atrás do bandido e um menino decidiu acompanhar o oficial.

Um outro recurso seria substituir o substantivo “policial” por um pronome. Essa estratégia, porém, criaria uma ambiguidade. Veja:

ex: O policial saiu correndo atrás do bandido e um menino decidiu acompanhá-lo.

Note que não fica claro se o pronome se refere ao policial ou ao bandido.

DICA: recomendo muito o dicionário de sinônimos – uma ferramenta muito útil para redatores e jornalistas.

2) Hiperonímia

Nós já falamos aqui sobre os hipônimos e hiperônimos. A hiperonímia consiste em usar palavras que possuem um significado mais amplo do que o da substituída.

ex: Maria tomou um remédio que não lhe fez muito bem. Parece que a medicação estava vencida.

Note que “remédio” é um tipo de medicação. Este termo abrange mais itens do que aquele.

3) Hiponímia

A hiponímia é o contrário da hiperonímia. Ela consiste em trocar um termo mais abrangente por outro mais específico.

ex: Rui estava muito nervoso e precisou de um remédio. Depois de tomar o calmante, porém, ele ficou mais tranquilo.

Perceba que o elemento “calmante” é apenas um dos que compõem a classe dos remédios.

Continue reading

Vírgula vicária – o que é isso?

zeugma e elipse

Quando usar a vírgula vicária?

Há vários casos de uso da vírgula (leia aqui o guia completo), um deles é a chamada vírgula vicária. Neste texto, vamos explicar o que é isso e quando utilizar. Vamos lá!

O que é vicário?

De acordo com o dicionário Priberam, vicário é aquilo que substitui ou faz as vezes de outrem (veja aqui a diferença entre outro e outrem).

Por exemplo, o sacrifício de Jesus Cristo foi vicário, pois ele substituiu o homem na cruz.

Continue reading

O que é paralelismo?

Definição de paralelismo

Entenda como usar o paralelismo.

Pergunta do leitor: Pode utilizar a seguinte frase: “vou à praia, o cinema e a aula”? Ou necessariamente deverá ser escrito “vou à praia, ao cinema e à aula”  ou “vou a praia, cinema e aula”.

Resposta

Um fator que deve ser um ponto de atenção na hora de escrever é o chamado paralelismo. Esse é o nome que se dá ao uso de estruturas idênticas ou similares. Um texto bem construído deve prezar pelo paralelismo, como forma de obter uma estrutura coerente e coesa. Dito isso, vamos analisar  a dúvida do leitor.

CASO 1 – Vou à praia, o cinema e a aula.

Aqui encontramos uma quebra do paralelismo, mais especificamente, do paralelismo sintático.  O objeto indireto  deve sempre estar ligado ao verbo pela preposição. Isso se aplica também nos casos em que há mais de um objeto direto. Então, o mais correto seria:

ex: Vou à praia, ao cinema e à aula. Continue reading

O que é elipse?

Algumas vezes, para evitar a repetição de palavras que são facilmente recuperáveis pelo contexto, omitimos termos da oração. Esse artifício é chamado de elipse. 

ex¹: Paulo morava em São Paulo e Pedro, em Brasília.

Note que o verbo “morar” foi omitido da segunda oração. Contudo, o sentido da frase não foi comprometido.

Omissão de mais de um termo

A elipse pode acontecer com mais de um termo.

ex²: João morava em uma casa de Pedro e Maria, em uma de Mauro.

Repare que houve a retirada das palavras “morava” e “casa”.

Dicas bônus

Quando ocorre a elipse verbal, ela deve ser indicada com vírgula. Voltemos ao primeiro exemplo:

Paulo morava em São Paulo e Pedro, em Brasília.

Perceba que a vírgula indica a exclusão do verbo “morar” na segunda oração.

Gostou do texto? Então, sugerimos ler o Guia Completo da Vírgula que preparamos para você e aprofundar seus estudos no tema:

Guia completo da vírgula

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua.

© 2024 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑

#CodigoClever