Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: prefixo

Hífen com “para” – quando usar?

As palavras composta formadas com “para” podem ou não ter hífen. Isso vai depender se o termo é um verbo ou um prefixo. Neste artigo, vamos mostrar quais regras se aplicam a cada caso. Vejamos!

Verbo

Quando o termo “para” for um verbo combinado com um substantivo, devemos utilizar o hífen.

Ex: para-raio, para-choque, para-lama.

Neste caso, temos um processo de formação de palavras chamado de composição por justaposição, que é quando os termos são colocados lado a lado, isto é, são justapostos. Nesse processo, os radicais das palavras não sofrem alteração e mantêm sua grafia original.

Há, contudo, uma importante exceção a essa regra, que é a palavra paraquedas. Segundo o Acordo Ortográfico, o vocábulo deverá ser escrito sem hífen, porque se perdeu a noção de formação por composição deste termo.

Para complementar, destacamos que, no plural dos substantivos compostos formados por verbo, apenas o segundo termo deve ser flexionado:

  • Para-raio > Para-raios
  • Para-choque > Para-choques
  • Para-lama > Para-lamas
Continue reading

Criptomoeda x Cripto-moeda – tem hífen?

A forma correta é criptomoeda, sem hífen. Neste artigo, vamos analisar esse vocábulo e explicar qual regra de formação de palavra se aplica a ele. Vejamos!

Hífen

A palavra criptomoeda é formada pelo prefixo grego “cripto-“, que indica algo secreto ou oculto, e pelo substantivo feminino “moeda”. A origem do termo também está relacionada com a criptografia, uma ciência que estuda e práticas, princípios e técnicas para comunicação segura, muito utilizada no campo da programação.

De acordo com as regras da Reforma Ortográfica, em regra, não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com consoante. É exatamente o caso de criptomoeda. Vejamos outros exemplos:

ex: antinatural, contracheque, geopolítica, semicircunferência.

Continue reading

Metaverso – significado, origem e classificação da palavra

A imagem mostra um óculos inteligente. Ao lado, está escrito:
Confira uma análise completa do vocábulo metaverso

Umas das palavras mais faladas dos últimos tempos é metaverso. Por isso, neste artigo, vamos mostrar o significado e a origem da palavra e também sua classificação morfológica. Vejamos!

Significado

De acordo com o dicionário Priberam, metaverso é o “espaço ou ambiente de realidade virtual, no qual pode haver interação entre usuários”.

Já segundo a Wikipidia, o termo indica “a terminologia utilizada para indicar um tipo de mundo virtual que tenta replicar a realidade através de dispositivos digitais”

A palavra vem da junção do prefixo grego “meta”, que significa “além”, com o substantivo masculino “universo”. Assim, ao pé da letra, metaverso significa “além do universo”.

Edward Castronova, estudioso de mundos virtuais, explica que o metaverso possui três característica essenciais:

  • Interatividade: é necessário que as pessoas possam se relacionar dentro desse universo paralelo.
  • Incorporeidade: é a capacidade de superar as barreiras físicas e agir por meio de um avatar.
  • Persistência: esse espaço é um ponto de encontro e consolidação de diferentes tecnologias.
Continue reading

Afro-brasileiro x Afrobasileiro – qual a forma correta?

A forma correta é afro-brasileiro. Neste artigo, vamos explicar por que essa palavra é escrita com hífen. Vejamos.

Adjetivos pátrios

Quando faz parte de adjetivos pátrios compostos, o termo afro exerce a função de adjetivo (como abreviação de “africano”), e não de prefixo. Por essa razão, devemos utilizar o hífen para separá-lo do vocábulo seguinte. Assim, a grafia correta é afro-brasileiro.

  • Minha avó é afro-brasileira.
  • Gosto muito de cantores afro-brasileiros.

Vale destacar que essa mesma regra se aplica a outros gentílicos formados com “afro”:

  • afro-americano;
  • afro-lusitano;
  • afro-inglês;
  • afro-francês;
  • afro-asiático;
  • afro-cubano.
Continue reading

Hífen com o prefixo SUPER – quando usar?

Usa-se hífen com palavras iniciadas com prefixo "super" se o termo posterior começar com H ou R. Ex: Super-homem, super-herói, super-habilidade, super-requintado, super-real, super-resistente, etc. ✔ Nos demais casos, não há hífen. Ex: Supersalário, superbactéria, superfaturado, supermercado, superlotado, supermãe, superaquecido, etc. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra os desenhos de três super-heróis: Mulher Maravilha, Wolverine e Batman. #TextoDaImagem Hífen com prefixo "super". #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

O uso do prefixo super sempre gera muitas dúvidas. Afinal de contas, os substantivos compostos com esse termo devem ou não ser separados com hífen? Neste artigo, respondemos esta questão. Vamos lá!

Com hífen

Usa-se hífen com palavras iniciadas com prefixo “super” se o termo posterior começar com H ou R.
Ex: Super-homem, super-herói, super-habilidade, super-requintado, super-real, super-resistente, etc.

Continue reading

Hífen com prefixo MAL – quando usar?

Palavras compostas iniciadas com "mal" têm hífen antes de vogal e das consoantes H e L. ✔ Ex: Mal-agradecido, mal-estar, mal-intencionado, mal-humorado, mal-lavado. ✔ Nos demais casos, escreve-se tudo junto. ✔ Ex:  Malcriado, maldito, malfeito, malsucedido. ⚠ ATENÇÃO! Quando não formar um composto e for usado como advérbio, "mal" fica separado, sem hífen. ✔ Ex1: O plano foi mal executado pelo governo. Ex2: O evento foi mal planejado pela assessoria. #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um vaso com um cacto em um fundo branco. #TextoDaImagem Uso de hífen com prefixo "mal". #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

Usa-se ou não hífen com o prefixo mal? Neste artigo, vamos resolver essa questão e explicar com utilizar o termo. Vamos lá!

Mal

Palavras compostas iniciadas com “MAL” têm hífen antes de vogal e das consoantes H e L.

Ex: Mal-agradecido, mal-estar, mal-humorado.

Nos demais casos, escreve-se tudo junto.

Ex:  Malcriado, maldito, malfeito, malsucedido.

Continue reading

Hífen com o prefixo SUB – quando usar?

Palavras com prefixo "sub" têm hífen apenas quando seguidas das letras "h", "b" ou "r". ✔ Ex: Sub-hepático, sub-história, sub-bélico, sub-bloco, sub-reitor, sub-região. ✔ Nos demais casos, não há hífen. ✔ Ex: Subprocurador, subchefe, subdiretor, subestação, subalimentar, subestimar. ✔ #DescriçãoDaImagem A imagem mostra um homem sentado, usando um computador, que está em cima de uma mesa de madeira. Atrás dele, há um quadro-negro. #TextoDaImagem Uso de hífen com prefixo "sub". #português #gramática #educação  #aprendizado #estudo #trabalho #empreendedorismo #concurso #concursopúblico #escola #faculdade #vestibular #enem #dicas #escrita #língua #linguagem #clubedoportuguês #correntedobem #domingo #boanoite

A post shared by Clube do Português (@clubedoportugues) on

Com o prefixo SUB devemos ou não utilizar o hífen? Quais são as regras? Neste artigo, vamos resolver essa dúvidas. Vamos lá!

Com hífen

Palavras com prefixo “sub” têm hífen apenas quando seguidas das letras “h”, “b” ou “r”.

ex: Sub-hepático, sub-história, sub-bélico, sub-bloco, sub-reitor, sub-região.

Continue reading

Baixa estima x Baixa autoestima – qual a forma correta?

A maneira certa de escrever a expressão é baixa estima ou baixa autoestima? Neste artigo, resolvemos essa questão e explicamos quando utilizar essa expressão. Vamos lá!

Autoestima

A forma correta é BAIXA AUTOESTIMA. Usamos essa expressão quando queremos nos referir à falta de amor-próprio.

A confusão ocorre, porque “baixo” é antônimo de “alto”, que se pronuncia da mesma forma que o prefixo “auto”, que significa aquilo que é próprio ou que funciona por si mesmo.

Ex1: Os padrões de beleza impostos pela mídia podem gerar baixa autoestima.

Ex2: A  autoestima baixa pode nos fazer perder boas oportunidades profissionais.

É importante observar que o substantivo autoestima também pode ser acompanhado pelo adjetivo alta.

Ex3: Maria tinha uma autoestima alta.

Auto-estima x Autoestima

Antes da Reforma Ortográfica, o substantivo autoestima era escrito com hífen. Contudo, atualmente, só se usa o hífen com o prefixo “auto” se a segundo palavra começar com as letra “o” ou “h” (auto-hipnose e auto-observação).

Nos demais casos, as palavras devem ser escritas juntas: autoescola, autoajuda, autopeças.

Vale destacar que, quando a segunda palavra começar com “r” ou “s”, essas letras devem ser dobradas (autorretrato e autossabotagem).

Gostou da dica? Então, confira o vídeo que fizemos sobre se o correto é sul-americano ou sulamericano:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para uma nova página do site) .

Incarnar ou encarnar?

incarnar

Pergunta do leitor: Bom dia. Queria saber se o verbo incarnar é sinônimo de encarnar.

O Vocabulário da Língua Portuguesa (Volp) da Academia Brasileira de Letras  registra as duas grafias. Ambas têm o mesmo significado, ou seja, são sinônimas. É mais um caso das chamadas formas gráficas variantes, que ocorrem quando um vocábulo pode ser escritos de formas distintas. Contudo, no caso do substantivo derivado do verbo, o Volp reconhece apenas a forma encarnação. 

Continue reading

Grã-Bretanha ou Grã Bretanha?

Há algumas semanas, um assunto tomou conta do noticiário. Os eleitores do Reino Unido decidiram deixar a União Europeia. Esse acontecimento ficou conhecido como Brexit (British +Exit). O Reino Unido é o conjunto formado pela Irlanda do Norte e a Grã-Bretanha, ilha que abriga Inglaterra, Escócia e País de Gales.

Fonte: Nova Escola

Contudo, nosso assunto aqui não é geopolítica e sim português! Então, como você viu no parágrafo de abertura, a grafia correta é Grã-Bretanha, com hífen. A reforma ortográfica, que passou a valer definitivamente a partir de janeiro deste ano, estabelece que se usa o hífen em nomes geográficos compostos com grã e grão ou verbos de qualquer tipo.

ex: Grão-Pará, Passa-Quatro e Grã-Bretanha.

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua
http://eepurl.com/b5exUr

Veja mais no nosso canal do Youtubehttps://goo.gl/VhBR7o

Envie suas dúvidas — https://www.clubedoportugues.com.br/tire-suas-duvidas-2

Veja mais:

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑