Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: pronome possessivo

Pronomes possessivos: conceito, emprego e exemplos

Os pronomes possessivos são palavras que acompanham ou substituem o substantivo, estabelecendo uma relação de posse (na maioria das vezes) entre o item possuído e as pessoas do discurso. 

São pronomes possessivos:

A imagem mostra um quadro com todos os pronomes possessivos. São eles:

- 1ª pessoa:
   
meu, minha
meus, minhas
nosso, nossa
nossos, nossas

- 2ª pessoa: 
  
teu, tua
teus, tuas
vosso, vossa
vossos, vossas

- 3ª pessoa:
   
seu, sua
seus, suas
seu, sua
seus, suas

Concordância nominal dos pronomes possessivos

Os possessivos concordam em pessoa com o substantivo que representa o possuidor, além de concordarem em gênero e número com o substantivo que designa o item possuído. Exemplo:

José deixou uma bela casa como herança para suas filhas.

Possuidor: José (substantivo)

Item possuído: filhas (as filhas de José)

Pronome possessivo: suas (3ª pessoa do singular / feminino e plural)

Note que suas faz referência à 3ª pessoa do singular, que é José, ao mesmo tempo em que é feminino e plural, pois também concorda com filhas.

Continue reading

Crase antes de pronomes possessivos

Refiro-me à sua mãe ou a sua mãe?

Pergunta do leitor: Às vezes fico em dúvida sobre crase com preposição. “Contou o que houve a sua mãe”. Tem crase antes de pronome possessivo?

Resposta:

A crase antes dos pronomes possessivos pode ser facultativa, obrigatória ou proibida. Isso depende de se o pronome é feminino ou masculino e se ele é adjetivo ou substantivo. Neste artigo, vamos explicar quando usar o acento grave. Vejamos!

Crase facultativa

Quando o pronome possessivo é adjetivo e  feminino (sua, minha, nossas, tua, etc.),  o uso da crase é facultativo.

ex: Ele entregou o presente à sua noiva.

ex: Ele entregou o presente a sua noiva.

ex: Ele foi à nossa casa.

ex: Ele foi a nossa casa.

É importante relembrar que o pronome adjetivo é aquele que acompanha o substantivo.

Ambiguidade

Vale destacar, contudo, que o uso do acento grave contribuiu para evitar ambiguidade. Vejamos um exemplo:

Continue reading

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑