Língua Portuguesa, Literatura e Alfabetização

Tag: quaisquer

Correio x Correios – qual a diferença?

A imagem mostra uma carta e um envelope, onde está escrito: correio x correios.
O significado é diferente?

Qual a diferença entre os termos correio e correios? Neste artigo, vamos explicar a origem das palavras e quando usar cada uma. Vamos lá!

Correio

A palavra correio vem do espanhol “correo”, cuja origem é o latim “currere”, que quer dizer deslocar-se rapidamente, viajar.

O significado original do substantivo masculino indicava a pessoa responsável por entregar correspondências, o mensageiro.

Contudo, por um processo de metonímia, a palavra passou a indicar também:

  • serviço que se encarrega de levar mensagens rapidamente aos respectivos destinatários;
  • repartição pública à qual competem a seleção, o transporte e a distribuição de correspondências;
  • local onde funciona essa repartição;
  • reunião daquilo que se envia (cartas, documentos, encomendas);
  • correspondência; condutor de mala postal.

Ex1: Talita vai me mandar o currículo pelo correio.

Ex2: O correio ainda não passou.

Ex3: Pedro foi ao correio mandar um livro para Miguel.

Ex4: Você já postou o correio de hoje?

Continue reading

Guia do pronome: relativo, indefinido, reto, oblíquo, adjetivo e substantivo

Pronome

Os pronomes são termos que substituem ou acompanham um substantivo. No primeiro caso, eles são classificados como de pronome substantivo; no segundo, de pronomes adjetivos. Veja o exemplo abaixo:

Ex: Paulo saiu de casa hoje cedo. Ele esqueceu sua chave em cima da mesa.

O pronome ele é substantivo, pois substitui Paulo. Já o pronome seu é adjetivo, porque acompanha o substantivo chave.

Os pronomes ainda podem ter outras classificações. Vejamos algumas abaixo:

1) Pronomes relativos

Utilizados para retomar substantivo citado anteriormente e introduzir uma oração adjetiva. Portanto, o pronome relativo é utilizado para criar coesão textual, além de evitar a repetição excessiva de palavras.

Veja quais são os pronomes relativos:

  • O que, qual e suas variações;
  • Quem;
  • Cujo;
  • Onde;
  • Quanto.

OBS: existem situações nas quais os pronomes quando e como terão papel de pronome relativo. Com o uso da palavra quando, o termo anterior terá ideia de tempo. Como a utilização da palavra como, o termo antecedente passará a ideia de maneira, forma de fazer.

.

Pronomes relativos: o que são, quando usá-los e exemplos

2) Pronomes pessoais

Pronomes pessoais são aqueles que tomam o lugar dos substantivos que representam as pessoas do discurso. Os tipos de pronomes pessoais se dividem em retos e oblíquos.

2) Pronomes pessoais do caso reto

As funções sintáticas dos pronomes pessoais do caso reto são de sujeito ou predicativo do sujeito. Veja exemplos:

  • ELA cortou os cabelos ontem;
  • As responsáveis por essa decisão são ELAS. 

Veja agora quais são os pronomes retos: 

  • Eu (1ª pessoa do singular);
  • Tu (2ª pessoa do singular);
  • Ele/ela (3ª pessoa do singular);
  • Nós (1ª pessoa do plural);
  • Vós (2ª pessoa do plural);
  • Eles/elas (3ª pessoa do plural).

2) Pronomes pessoais do caso oblíquo

Os pronomes do caso oblíquo funcionam como complementos nominais, objeto direto e objetivo indireto. Além disso, são divididos entre átonos e tônicos. Os pronomes átonos não são precedidos de preposição, mas os tônicos são. 

Conheça os pronomes oblíquos com a lista abaixo:

  • Tônicos: mim, comigo, ti, contigo, ela, ele, conosco, nós, convosco, vós, elas, eles.
  • Átonos: me, te, a, o, lhe, nos, vos, as, os, lhes.

Pronome do caso reto x pronome do caso oblíquo

Continue reading

Fruto x Fruta

O professor Sérgio Rodrigues ensina um método super rápido de descobrir se o correto é utilizar fruto ou fruta.

Fruta é o fruto comestível.

Assim, toda fruta é um fruto, mas nem todo fruto é uma fruta. Por exemplo, a mamona é fruto da mamoneira. Afinal, ninguém em sã consciência come mamona. Já abacate é a fruta do abacateiro, pois é comestível.

Fácil, né?

Veja mais (vídeo):

© 2022 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑