Língua Portuguesa e Literatura para o Enem

Tag: substantivo comum de dois gêneros

O mascote ou A mascote – qual a forma correta?

A forma correta é “a mascote”. Neste artigo, vamos explicar por que a palavra é feminina e vamos falar sobre a origem do termo. Vejamos!

Em clima de Copa do Mundo, o brasileiro se apropria dos símbolos da seleção e do evento. Bandeirinhas, cornetas, álbum de figurinhas, camisas amarelas, mascotes. Todo grande evento esportivo tem suas referências. No Catar, não será diferente. A figura que promove o mundial chama-se La’eeb, palavra que em árabe significa jogador super-habilidoso ou craque. O personagem é o próprio lenço de cabeça masculino, tradicional da cultura árabe.

La’eeb se une ao clube de mascotes que tem Zabivaka (da Copa do Mundo da Rússia), Fuleco (Brasil) e Zakumi (África do Sul). A tradição foi inaugurada em 1966 por Willie, um leão que usava uma camisa com os dizeres “World Cup” e representava um dos maiores símbolos da Inglaterra, país anfitrião daquele mundial.

Tá, mas o que a mascote oficial do torneio tem a ver com o Clube do Português? Bem, é uma boa oportunidade de ilustrar uma dúvida bem simples: é “o” mascote ou “a” mascote?

Continue reading

Fã ou fan? Fãs ou fans?

A grafia correta deste termo na língua portuguesa é , com til na letra “a” e sem “n” no final. Logo, a forma plural aceita da palavra é fãs. Saiba mais.

Origem e significado

O termo é originário da palavra inglesa fan. Ele foi adaptado à língua portuguesa para assegurar uma aplicabilidade funcional na cultura brasileira.

Dessa forma, usar a palavra fan é um estrangeirismo, não aceito nos principais vestibulares.

O significado de do substantivo é aquele que admira, torce ou idolatra algo ou alguém.

Continue reading

A gim-tônica x O gim-tônica – qual a forma correta?

Afinal qual a grafia correta: o gim-tônica ou a gim-tônica? Esse substantivo composto é masculino ou feminino? Neste artigo, vamos resolver essa dúvida!

Masculino x Feminino

Apesar de gim ser um substantivo masculino, o termo-composto gim-tônica, segundo o Vocabulário Oficial da Língua Portuguesa (Volp), é um substantivo comum de dois gêneros. Dessa forma, ele pode ser usado tanto no masculino quanto no feminino. Vejamos:

  • A cliente pediu uma gim-tônica.
  • A cliente pediu um gim-tônica.
Continue reading

Analista judiciário: qual é o feminino?

Afinal de contas, qual o feminino de analista judiciário? Neste artigo, vamos resolver essa questão por meio da análise de cada um dos termos da expressão. Vejamos!

Analista

O substantivo analista é comum de dois gêneros. Isso significa que ele possui somente um gênero para feminino e masculino, sendo a distinção entre um e outro feita pelo uso dos artigos (a, o, um, uma).

ex1: Júlio é um ótimo analista.

ex2: Márcia é uma ótima analista.

Continue reading

Não existe a neném, só o neném – entenda o que é substantivo sobrecomum

Por que não se pode dizer “a neném“? Neste artigo, vamos explicar, porque esse termo só pode ser utilizado no masculino. Vejamos!

Substantivo sobrecomum

O substantivo neném é sobrecomum. Isso significa que ele não apresenta  flexão de gênero. Então, sempre será utilizado no masculino.

ex: Minha filha é um neném muito lindo.

ex: Aquele neném é uma menina linda.

O bebê x A bebê

Já o substantivo bebê é comum de dois gêneros, ou seja, apresenta uma só forma para o masculino e para o feminino e a variação de gênero é indicada pelo artigo.

ex: Minha filha é uma bebê muito linda.

ex: Meu filho é um bebê muito lindo.

Esquematizando

  • Neném: substantivo sobrecomum – apresenta somente um gênero (masculino).
  • Bebê: substantivo comum de dois gêneros – a variação de gênero é indicada pelo artigo (a, o, um e uma).

Gostou do texto? Então, vale a pena ver o vídeo que fizemos sobre a diferença entre TAPAR e TAMPAR:

Aprofunde seus estudos e conheça os principais casos de concordância verbal e nominal:

© 2024 Clube do Português

Theme by Anders NorenUp ↑

#CodigoClever