Mão com uma escrita da pena em um papel
Fonte da imagem: Fonte da imagem: Freepik.com

As dicas de português são essenciais para quem deseja se destacar em provas e avaliações. Afinal, essa é uma das etapas mais importantes para candidatos que almejam passar em provas como o Enem, ou conquistar um cargo público em concursos, por exemplo.

Pensando nisso, a seguir separamos algumas estratégias valiosas para aprimorar sua habilidade na língua portuguesa.

Sendo assim, se você está se preparando para uma prova importante, não deixe de acompanhar a leitura até o final e não perca nenhum detalhe importante. Boa leitura!

Dicas de português para redações

Escrever uma boa redação é uma habilidade essencial para estudantes, profissionais e qualquer pessoa que deseje se comunicar de forma eficaz. Afinal de contas, para quem deseja conquistar uma vaga em concursos públicos, ou mesmo atingir uma nota satisfatória no Enem, por exemplo, algumas dicas e estratégias podem se tornar valiosas.

Ademais, você poderá aplicar essas estratégias na escrita de redações, ou mesmo em artigos e teses.

Sendo assim, confira a seguir as dicas infalíveis para ajudá-lo a aprimorar suas habilidades de redação e alcançar resultados excepcionais.

1. Cuidado com a acentuação

Pode parecer simples, mas a acentuação é um ponto crucial na língua portuguesa. Lembre-se das regras de acento agudo (´), circunflexo (^), crase (à), e til (~).

Assim, esses detalhes fazem toda a diferença na escrita correta.

  • Acento agudo (´): Utilizado para indicar a sílaba tônica em palavras como “pássaro” e “rápido.” Ademais, também aparece em formas verbais no pretérito perfeito, como “cantou” e “comeu”;
  • Acento circunflexo (^): Presente em palavras como “você”, “pôr”, “cônjuge” e “ênfase”, indica a supressão de uma letra ou acento que existia na forma original da palavra;
  • Crase (à): A crase ocorre quando há a fusão da preposição “a” com o artigo feminino “a”, como por exemplo “à tarde”, “à moda”, “àquela hora”;
  • Til (~):** Encontrado em palavras como “pão”, “amanhã”. O til indica a nasalização da vogal.

Lembre-se dessas regras e pratique a acentuação correta em suas redações e provas. Isso fará toda a diferença na sua comunicação escrita.

Experimente também escrever textos e redações em casa, para testar e fixar seus conhecimentos. Use o Doc do Google ou o Word para construir textos e treinar as pontuações. Essas ferramentas mostram palavras digitadas erradas, assim como também dão dicas de pontuações.

Você também pode treinar a partir de um texto já pronto. Por exemplo, existem muitas redações prontas para você baixar e observar o estilo da escrita. Como muitas delas são em PDF, se quiser fazer anotações, é possível converter PDF em Word para melhorar e agilizar seu aprendizado.

2. Dicas de português para conjugação verbal

Dominar a conjugação dos verbos também é fundamental para uma comunicação eficaz em português. 

Sendo assim, familiarize-se com os tempos verbais, como o presente, o pretérito (passado) e o futuro. Afinal, cada um deles indica diferentes momentos na ação.

Outra das dicas de português que podem ser úteis para você, são as formas regulares e irregulares. Ou seja, os verbos podem ser regulares (seguem padrões) ou irregulares (não seguem padrões), como por exemplo:

  • Regular: “Cantar” (eu canto, tu cantas, ele canta);
  • Irregular: “Fazer” (eu faço, tu fazes, ele faz).

Além disso, conheça os modos verbais, como o indicativo (para fatos reais), o subjuntivo (para possibilidades) e o imperativo (para ordens).

A conjugação também varia de acordo com o pronome pessoal (eu, tu, ele, nós, vós, eles). Por exemplo:

  • “Eu amo música.”
  • “Tu amas música.”
  • “Ele ama música.”

Lembre-se dessas regras e pratique a conjugação verbal regularmente. Assim, com o tempo, você se tornará mais confiante ao expressar suas ideias por meio dos verbos.

3. Pontuação adequada

Dominar a pontuação é mais uma das dicas de português essenciais para uma escrita clara e coerente.

Então , use vírgulas para separar elementos em uma lista, indicar pausas e separar orações independentes, como por exemplo “Maria, Pedro e João foram ao parque.”

Ademais, encerre frases declarativas com um ponto final, como em “O sol brilha intensamente” e utilize o ponto de interrogação no final de perguntas diretas, como em “Você gosta de ler?”

O ponto de exclamação (!) indica entusiasmo, surpresa ou ênfase. Então, utilize-o quando quiser expressar esse tipo de sentimento, como por exemplo: “Que dia maravilhoso!”

Por fim, dois-pontos (:) introduzem uma explicação, lista ou citação, enquanto o ponto e vírgula (;) separa orações independentes relacionadas.

Lembre-se dessas regras e pratique a pontuação correta em suas redações. Afinal, uma pontuação adequada torna seu texto mais claro e agradável de ler.

4. Uso dos porquês

Entender as diferenças entre os diversos “porquês” também é fundamental para evitar erros na escrita. Sendo assim , é muito importante conhecer cada um deles:

  1. Por que: Utilizado em perguntas diretas ou indiretas, como por exemplo: “Por que você está estudando?”;
  1. Por quê: Usado quando o “por que” está no final da frase e precedido de pausa, como em “Ele não veio à festa, por quê?”;
  1. Porque: Introduz uma explicação ou causa, como por exemplo: “Estudamos porque queremos aprender.”;
  1. Porquê: Substantivo que representa a razão ou motivo. Como por exemplo: “Não entendi o porquê dessa decisão.”

Lembre-se dessas nuances e aplique corretamente os “porquês” em suas redações. Afinal, isso vai contribuir para uma escrita mais clara e precisa.

5. Dicas de português: ortografia e homônimos

    Close-up, de, mulher, fazendo, dela, trabalho
    Fonte da imagem: Freepik.com

    A ortografia correta também é fundamental para uma comunicação eficaz. Além disso, é importante diferenciar palavras homônimas, que possuem a mesma pronúncia, mas significados diferentes. Veja algumas dicas:

    • Mas / Mais: “Mas” é uma conjunção adversativa (indica oposição), enquanto “mais” é um advérbio de intensidade (indica quantidade maior);
    • Onde / Aonde: “Onde” indica lugar fixo, enquanto “aonde” indica movimento;
    • Seção / Sessão: “Seção” refere-se a uma parte ou divisão, como em uma revista. “Sessão” está relacionada a eventos ou reuniões.

    Busque colocar essas dicas de português sobre ortografia, além de treinar seus conhecimentos sobre os homônimos, para evitar confusões ou brancos na hora de fazer sua redação do Enem, em provas ou mesmo em concursos públicos.

    Conclusão

    Dominar a língua portuguesa é uma jornada constante, e essas dicas de português são um excelente ponto de partida. Afinal, ao aplicar esses conhecimentos, você estará mais preparado para enfrentar provas, redações e comunicações escritas em geral.

    Dessa forma, com dedicação e prática, você se tornará um comunicador mais eficaz e confiante e poderá alcançar excelentes colocações em provas ou concursos.

    Além disso, continue aprimorando suas habilidades e desfrute do processo de aprendizado. Até a próxima!