A crase é, sem sombra de dúvidas, um dos temas que mais geram dúvidas. Por isso, neste artigo, vamos falar de 10 casos em que o acento grave não deve ser usado. Vamos lá!

O que é a CRASE?

Antes de tudo, vamos relembrar o que é a crase e como e quando devemos usá-lo. Trata-se do encontro de vogais iguais => A + A = À. Acontece, em geral, em três casos:

  1. Encontro da preposição A com os artigos definidos A ou AS;
  2. Encontra do pronome demonstrativo A com a preposição A;
  3. Encontro dos pronomes demonstrativos aquele, aquela e aquilo com a preposição A.

1) Antes de verbo

Verbos não aceitam artigo preposto. Por isso, não é possível haver o encontro entre preposição e artigo feminino.

ex: Ele começou a caminhar diariamente este ano.

2) Antes dos pronomes cujo e quem

Não é possível colocar artigo antes dos pronomes relativos cujo e quem. Assim, a preposição sempre estará sozinha e não teremos o encontro de duas letras “a”.

ex: Esse é o trabalho a cuja autora eu elogiei.

ex: Levei essas reclamções a quem eu sabia que as resolveria.

Vale lembrar que os pronomes cuja e cujo também não aceitam artigo depois deles.

3) Antes de termos indefinidos

Termos indefinidos como qualquer, ninguém, alguma, entre outros não podem ser acompanhados por artigo.

Assim, como nos casos anteriores, não teremos encontro de preposição com artigo. Dessa forma, não há crase.

ex: Ele se referia a qualquer pessoa de forma elogiosa.

4) Entre palavras repetidas

Nas locuções com palavras repetidas, nunca se deve utilizar o acento grave, porque a preposição está sozinha.

ex: Ele ia casa a casa para entregar os jornais.

5) Antes de palavras masculinas

Antes das palavras masculinas, não se usa – logicamente – o artigo definido feminino a. Logo, não temos a possibilidade do encontro entre a preposição a e o artigo a.

ex: Ele foi ao baile ontem à noite.

Há, porém, uma exceção: quando a expressão “à moda” está subentendida.

ex: Ele se vestia à Luiz XIV. (à moda Luiz XIV)

6) Antes de nomes femininos no plural sem artigo

Quando um termo feminino estiver no plural, mas não estiver acompanhado por artigo, não ocorre um caso de crase.

ex: Esse tipo de inundação se deve a chuvas fortes que têm caído sobre as cidades da região.

7) Antes de artigo indefinido

Antes dos artigos indefinidos (um e uma), não se deve utilizar o acento grave, porque nesses casos não há o encontro de preposição com artigo definido feminino.

ex: Cheguei a uma cidade que não conhecia até então.

8) Antes de pronomes pessoais de tratamento

Não ocorre crase antes da maior parte dos pronomes de tratamento, à exceção de senhora, senhorita e dona.

ex: Levei a Vossa Excelência os pedidos dos eleitores.

9) Antes de esta e essa

Como não permitem artigo preposto, não se deve utilizar acento grave antes dos pronomes demonstrativos esta e essa.

ex: A essa hora, não tem nada que possa fazer para te ajudar.

ex: Minhas vitórias se devem a esta mulher que está sentada ao meu lado.

10) Antes de nomes de cidades que vem sem artigo

Alguns topônimos não podem ser antecedidos por artigo. Por isso, nesses casos, não ocorre crase com os nomes desses locais.

ex: Cheguei a Salvador em pleno carnaval e fiquei encantado com a cidade.

Resumo

Para finalizar, preparamos um infográfico com todos os 10 casos em que não ocorre crase:

10 casos em que não ocorre a crase.

*

Gostou deste post? Aprofunde ainda mais seus conhecimentos com nosso guia completo da crase.

Vale a pena também assistir à aula completa e gratuita que fizemos sobre a crase:

***

Inscreva-se para fazer parte do clube de português gratuitamente e receber dicas para te deixar afiado na língua (link para um nova página do site) .