A forma correta é à mercê, com acento grave, mas a construção a mercê também possível na língua portuguesa. Neste artigo, vamos mostrar qual regra da crase se aplica a essa expressão. Vejamos!

Núcleo feminino

Para entender por que estamos diante de um caso de crase, vamos analisar os termos que compõem a locução prepostiva à mercê de. O termo é formado pela preposição “a” com o substantivo feminino mercê, que significa:

  1. recompensa por algum trabalho ou serviço.
  2. favor, graça, benefício.

Todas as locuções que tem núcleo feminino, devem ser craseadas: à toa, à mão, à esquerda, à direita, à caneta, à deriva, etc.

Significado

A locução à mercê de, de acordo com o dicionário Dicio, tem os seguintes sentidos:

  1. Em completa dependência de uma pessoa ou coisa;
  2. Sujeito a vontade de.

Vejamos alguns exemplos de uso dessa expressão:

  • A economia não pode estar à mercê de especuladores.
  • Eu estou à mercê do meu colega, que sempre chega atraso.
  • O barco estava totalmente à mercê das ondas do mar.

A mercê

Para finalizar, vale dizer que a construção a mercê também pode aparecer na língua portuguesa. Contudo, nessa situação, não teremos a formação de uma locução, mas apenas um encontro entre o artigo feminino “a” com o substantivo “mercê”:

ex: Joana merece a mercê por seu esforço.

*

Gostou do texto? Então, vale muito a pena conferir o nosso Guia Completo da Crase. Lá você vai poder aprofundar seus estudos e dominar todos os casos em que devemos usar o acento grave.