Uma biblioteca é um local público ou privado em que se instalam diversas coleções organizadas de livros, revistas, publicações periódicas e materiais tanto gráficos quanto audiovisuais. Essas coleções, uma vez catalogadas, ficam à disposição dos frequentadores para consulta e/ou empréstimo, sob condição de posterior devolução.

De modo geral, o objetivo de uma biblioteca é ser um espaço para estudos, pesquisas, atividades culturais e escolares. No entanto, no Brasil não só há poucas bibliotecas como também boa parte da população ainda não compreende a importância desse tipo de instituição na nossa formação.

Por essa razão, muitos cidadãos se unem a fim de criar uma biblioteca comunitária

O que é biblioteca comunitária e qual é sua importância?

Uma biblioteca comunitária é uma biblioteca pública que atende a uma determinada comunidade e por membros dela é administrada. É uma iniciativa cultural importante, pois valoriza a comunidade local, visto que incentiva a leitura e propaga o conhecimento a um número maior de pessoas.

Pode prestar os mesmos serviços que qualquer outra biblioteca, tais como:

  1. Empréstimos domiciliares:  para isso, a biblioteca comunitária deve especificar quais materiais de seu acervo serão disponibilizados para empréstimo e quais serão exclusivos para consulta dentro da própria biblioteca;
  1. Leitura e pesquisa: a biblioteca comunitária pode abrir seu espaço para toda a comunidade ler e pesquisar;
  1. Atividades culturais: a biblioteca comunitária deve ser usada para atividades agradáveis que promovam o interesse e o prazer da leitura de temas variados, escolares ou não. Além disso, pode promover concursos de redação, teatros, contação de histórias, oficinas culturais, apresentações musicais etc., a fim de estimular a integração cultural e social da comunidade;
  1. Atividades escolares: a biblioteca comunitária pode servir de apoio para atividades escolares, pois muitas vezes o estudante não tem em sua casa um ambiente adequado para estudos, tampouco materiais de consulta.

O que é preciso para montar uma biblioteca comunitária?

Os interessados em montar uma biblioteca comunitária devem se organizar para realizar as seguintes tarefas antes da abertura:

  1. Procurar os órgãos competentes e solicitar apoio para o projeto (exemplo: Secretaria Municipal de Educação e Cultura);
  2. Solicitar apoio da própria comunidade, por meio da associação de moradores, igrejas, escolas e comércios locais, por exemplo;
  1. Encontrar um local adequado, que seja de fácil acesso, silencioso, bem iluminado e ventilado;
  1. Adquirir os móveis e utensílios necessários;
  1. Obter o acervo, classificá-lo e organizá-lo nas estantes;
  1. Preparar as fichas de cadastro dos leitores e empréstimo de livros ou encontrar um software que o faça;
  2. Legalizar a biblioteca;
  1. Confeccionar e registrar o estatuto e o regulamento;
  1. Escolher do nome da biblioteca;
  1. Definir os responsáveis pela coordenação das atividades, a equipe de apoio e os dias e horários de trabalho de cada um;
  1. Registrar os colaboradores interessados como sócios efetivos (os quais prestam os serviços necessários para a manutenção do espaço) e beneméritos;
  1. Divulgar na comunidade que será realizado um encontro para constituir uma assembleia geral formada pelos sócios, os quais elegerão uma Diretoria e um conselho fiscal;
  1. Decidir os dias e horários de funcionamento da biblioteca;
  1. Promover atividades de divulgação e/ou atividades culturais para a inauguração;
  1. Cadastrar a biblioteca comunitária no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas;
  1. Conhecer e participar da Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias.

Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas – o que é?

O Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) é um cadastro do governo federal que reúne informações das bibliotecas públicas e comunitárias a fim de apoiar o desenvolvimento das políticas culturais nacionais voltadas para esses equipamentos culturais.

A realização do cadastro possibilitará que a biblioteca participe de chamadas públicas e demais políticas promovidas pelo Governo Federal. Além disso, será realizada a inclusão do cadastro da biblioteca em sistema e posterior divulgação no portal do SNBP.

Para verificar toda a documentação necessária para o cadastro, basta acessar o site do Governo Federal e seguir a seguinte trilha: Serviços > Cultura, Artes, História e Esportes > Autorizações e Cadastros > Artes > Cadastrar Biblioteca Pública ou Comunitária no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. 

Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias – o que é?

Se você está no início do processo de criação de uma biblioteca comunitária, que tal ter contato com os líderes de outras bibliotecas semelhantes?

Para isso, recomendamos que você conheça a Rede Brasil de Bibliotecas Comunitárias (RBBC).

A RBBC surgiu em março de 2015 como um movimento que teve origem na articulação das redes de bibliotecas comunitárias incentivadas pelo Programa Prazer em Ler, ação de apoio e incentivo à leitura criada pelo Instituto C&A. Seu objetivo é dar amplitude nacional à organização das bibliotecas comunitárias em redes locais.