Afinal, qual o plural de azul-bebê? Neste artigo, vamos mostrar qual a forma correta de pluralizar esse termo composto. Vejamos!

Classificação morfológica

Antes de mais nada, é preciso entender a classificação do termo azul-bebê. Trata-se de um adjetivo composto formado pela união do adjetivo azul com o substantivo bebê.

O termo, que é formada por justaposição, indica uma tonalidade mais clara da cor azul.

ex: Comprei uma roupa azul-bebê para o batizado do meu filho.

Plural de azul-bebê

De acordo com os gramático Celso Cunha e Lindley Cintra, os adjetivos compostos referentes a cores que têm como segundo elemento um substantivo são invariáveis. Em outras palavras, eles não possuem flexão de número. Logo, o termo azul-bebê não possui plural.

ex: Comprei dois sapatos azul-bebê para o batizado do meu filho.

Outros exemplos que seguem a mesma regra são: verde-musgo, preto-carvão, verde-água, amarelo-bandeira, vermelho-sangue, entre outros.

Por que azul-bebê tem hífen?

A palavra azul-bebê tem hífen, porque, segundo a Reforma Ortográfica, são hifenizadas “as palavras compostas por justaposição que não contêm formas de ligação e cujos elementos, de natureza nominal, adjetival, numeral ou verbal, constituem uma unidade sintagmática e semântica e mantêm acento próprio, podendo dar-se o caso de o primeiro elemento estar reduzido”.

ex: ano-luz, arcebispo-bispo, arco-íris, decreto-lei, és-sueste, médico-cirurgião, rainha-cláudia, tenente-coronel, tio-avô, turma-piloto; alcaide-mor, amor-perfeito, guarda-noturno, mato-grossense, norte-americano, porto-alegrense, sul-africano; afro-asiático, afro-luso-brasileiro, azul-escuro, luso-brasileiro, primeiro-ministro, primeiro-sargento, primo-infeção, segunda-feira; conta-gotas, finca-pé, guarda-chuva.

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.