A preparação para as provas de concursos públicos é essencial, uma vez que é necessário estudar e se informar sobre os requisitos de cada banca. Independentemente do cargo que se pretenda ocupar, é fundamental ter atenção sobre os assuntos que vão cair na avaliação para obter um bom desempenho. 

Nesse sentido, a prova de Português para FGV (Fundação Getúlio Vargas), costuma ser uma das mais temidas pelos candidatos. Isso porque, a banca é conhecida pela sua grande exigência. 

Pensando nisso, neste artigo, falaremos detalhadamente sobre o que e como você deve estudar para se dar bem na prova de Português para FGV. Acompanhe!

Como estudar português para a FGV?

O que estudar de Português para FGV?

Para saber o que estudar de Português para FGV é preciso, primeiramente, conhecer o perfil da banca. Nesse sentido, podemos dizer que ela é imprevisível. Em outras palavras, a banca da FGV dificilmente trará questões semelhantes de uma prova para a outra e sem nenhum tipo de pegadinha. 

Nessa perspectiva, estudar somente aquilo que caiu em provas anteriores pode não ser uma boa opção. Além disso, a recomendação é que se tenha muita calma e concentração no momento de responder às questões na prova, para não assinalar o presumível.

No entanto, toda banca sempre tem um conteúdo programático, chamado pelos candidatos de: “queridinhos da banca”. Assim, normalmente, a banca da FGV atua com foco em fragmentos de textos ou textos curtos, explorando a coesão textual, estrutura, tipologia e mudança de discursos. 

Além disso, a FGV costuma ter um perfil mais analítico, isto é, dispor de questões para interpretação mais avançada de um texto. Confira e anote os principais assuntos para saber o que estudar de Português para FGV:

  • acentuação gráfica;
  • classes gramaticais (morfologia);
  • coerência e coesão;
  • estratégias argumentativas;
  • figuras de linguagem;
  • intertextualidade;
  • interpretação de texto;
  • paralelismo (reescrita de frases);
  • pontuação;
  • sintaxe;
  • tipologia textual. 

Os assuntos destacados acima não são novidade para nenhum candidato que vem se preparando para um concurso público. Afinal, desde o ensino fundamental esses conteúdos são aplicados em sala de aula. No entanto, o indicado é estudá-los de forma minuciosa, absorvendo o máximo possível, especialmente com exemplos de questões. 

Como estudar Português para FGV?

Muito mais que saber o quê, é saber como estudar Português para FGV. Neste contexto, você pode começar pela morfologia, isso porque, conhecer as classes gramaticais é fundamental para identificar as informações mais relevantes dos textos. 

Os outros assuntos não precisam necessariamente de ordem, porém estudando sintaxe você consegue analisar os textos mais facilmente. Depois, o ideal é continuar os estudos relacionados a texto como: tipologia, estratégias argumentativas, coerência e coesão e assim por diante. 

Vale destacar que acentuação gráfica e pontuação também devem ser considerados na grade de estudos. Uma vez que a banca costuma investir bastante em questões sobre o assunto. 

A seguir, você confere 3 passos de como estudar Português para FGV. 

1. Estude a teoria

Em qualquer área é recomendado iniciar pela teoria. Em outras palavras, por mais que seja importante praticar, compreender é essencial. Nesse sentido, é importante saber a teoria por trás da questão, antes de resolvê-la. Por isso, busque saber a história da pontuação, as particularidades da vírgula e assim por diante. 

2. Resolva questões separadas por assunto 

Resolver questões que podem cair na prova é essencial. No entanto, na hora de estudar, o melhor é separá-las por assunto. Normalmente, nas provas isso não ocorre, provocando até confusão no momento da resolução.

Por esse motivo, trabalhar um assunto por vez pode ser mais eficaz, uma vez que a mente aprende cada coisa no seu tempo e absorve melhor os conhecimentos. 

3. Realize provas anteriores para se familiarizar com a banca

Por fim, é muito importante acessar provas anteriores de Português para FGV e realizá-las. Ainda que, como já dissemos, a banca em questão não costuma ser previsível e nem dispor de questões semelhantes, entender o perfil já é de grande valia. 

Isso significa que, por mais que nas provas você não encontre perguntas ou textos iguais, terá uma orientação sobre os assuntos e tipos de questões que costumam ser mais frequentes. Além disso, é uma excelente forma de treinar a mente no que diz respeito a tempo e raciocínio. 

Ao seguir esses 3 passos, o seu desempenho tende a ser melhor. Lembre-se também que cursos preparatórios podem ser essenciais para a preparação para a prova de Português para FGV. 

*

Quer aprofundar seus conhecimentos na língua portuguesa? Então, continue seus estudos com a Gramática On-line do Clube do Português.