Verbos abundantes são aqueles que apresentam particípio duplo, ou seja, duas formas equivalentes no particípio: uma regular e uma irregular. Particípio é uma das formas nominais do verbo, com características de nome (gênero e caso) e de verbo (tempo, aspecto, voz).

Em alguns casos, essa abundância do verbo pode ocorrer em até mesmo três formas equivalentes.

Limpar-limpado-limpo

Isso mesmo. Os verbos abundantes trazem a sensação de liberdade. Quantas vezes já nos pegamos constrangidos achando que estávamos cometendo um erro gravíssimo ao pronunciar palavras como: enxugado, elegido, frigido e tantas outras? Logo abaixo você verá exemplos de até três formas corretas de conjugação dos verbos abundantes.

Conjugação dos verbos abundantes

Alguns verbos apresentam mais de uma forma equivalente em tempos verbais que não são o particípio. Confira:

verbo haver – presente do indicativo
nós      havemoshemos
verbos terminados em -zer ou -zir – imperativo afirmativo
dize  diztu
FazeFaztu
TrazeTraztu

Veja a seguir, exemplos de abundância do verbo no particípio:

Verbos abundantes da 1ª conjugação

Os verbos abundantes de 1ª conjugação terminam em -ar.

 Particípio regularParticípio irregular
AceitarAceitadoAceito/Aceite
EntregarEntregadoEntregue
ExpressarExpressadoExpresso
GanharGanhadoGanho
GastarGastadoGasto
JuntarJuntadoJunto
LimparLimpadoLimpo
MatarMatadoMorto
PagarPagadoPago
PegarPegadoPego

É importante observar que, no caso do verbo “aceitar”, há três formas possíveis de particípio, sendo que “aceite” é muito menos frequente no português brasileiro do que “aceito”.

Verbos abundantes da 2ª conjugação

Os verbos abundantes de 2ª conjugação terminam em -er.

 Particípio regularParticípio irregular
AcenderAcendidoAceso
DesenvolverDesenvolvidoDesenvolto
ElegerElegidoEleito
EnvolverEnvolvidoEnvolto
PrenderPrendidoPreso
SuspenderSuspendidoSuspenso

Verbos abundantes da 3ª conjugação

Os verbos abundantes de 3ª conjugação terminam em -ir.

 Particípio regularParticípio irregular
ExprimirExprimidoExpresso
ExtinguirExtinguidoExtinto
FrigirFrigidoFrito
ImprimirImprimidoImpresso
InseririnseridoInserto
TingirTingidoTinto

Particípio Regular

O particípio regular é mais comumente usado na voz ativa (quando o sujeito executa a ação) e no tempo passado, sendo acompanhado pelos verbos auxiliares “ter” e “haver” e permanecendo invariável (ou seja, sem variar sua forma de acordo com gênero ou número).

Exemplos de particípio regular

  • Eu não havia expressado bem as ideias.
  • Só pudemos usar o cômodo depois de haver limpado tudo.
  • Após terem elegido a candidata, ficaram contentes com suas medidas.
  • Havia suspendido as medidas provisórias.
  • A humanidade terá extinguido diversas espécies animais se não cuidar do meio ambiente.
  • Os secretários teriam imprimido as pastas assim que chegassem.

Particípio Irregular

O verbo abundante no particípio irregular é uma forma fora do padrão esperado pelo verbo. Nesses casos, ambas formas são aceitas pela gramática normativa, mas atenção: o seu uso pode variar de acordo com o contexto!

Exemplos de particípio irregular

  • As ideias não foram expressas muito bem por mim.
  • Após o cômodo ter sido limpo por nós, pudemos usá-lo.
  • Após ter sido eleita, a candidata seguiu com as medidas.
  • As medidas provisórias haviam sido suspensas.
  • Diversas espécies animais serão extintas pela humanidade se esta não cuidar do meio ambiente.
  • As pastas teriam sido impressas pelos secretários assim que chegassem.

*